Pular para o conteúdo principal

Eduardo Maciel Artes Revista LCB literária e Cultural















































Postagens mais visitadas deste blog

Revista LCB literária e cultural

Coluna literária 2º Artigo

             O amor e suas formas na Literatura                   “Senhores, agrada-vos ouvir uma bela história de amor?”  Nada agrada mais do que uma história de amor, assim como nada nos intriga mais do que a morte. Foi explorando essa temática que o gênero romanesco  surge, se mantém durante séculos e atinge seu ápice no século XX. Todos os gêneros literários se dedicaram ao amor, ele está em toda narrativa humana, pois esse repercute o melhor e o pior do ser humano, no entanto, o romance fez do universo do amor sua principal artéria, a ponto de se confundir, em algumas línguas latinas, o tema com o gênero. O amor, no ocidente, foi idealizado a tal ponto que passou a ser uma aspiração para a vida, é um artifício de retórica  tão profundo e sagaz que se perpetua, em todas as suas formas, nos fascina; ele está em nossas canções, em nossas poesias, está no discurso humano. De acordo com Rougemont, “o entusiasmo que mostramos pelo romance, pelo erotismo idealizado, está difu